Escolha uma Página

SEMINÁRIO AVXLab - Camadas Informacionais

O seminário integra o projeto AVXLab que é formado por um processo de residência artística e laboratorial, uma mostra audiovisual expandido e uma publicação de referência sobre as questões suscitadas pelas obras artísticas apresentadas assim como pelo próprio seminário.

: : DE VOLTA AO ESSENCIAL

(abstração, poeira, névoa, invisibilidade, imaterialidade)

O cinema em busca de suas ancestralidades, suas qualidades mais intrínsecas, associadas ao enlevo psicológico e sensorial proporcionado pela manipulação da luz – condição mínima e essencial para o acontecimento cinemático.

Claudio Bueno

Artista visual, pesquisador e curador, doutor em Artes Visuais pela ECA-USP com a tese intitulada Campos de Invisibilidade. Suas práticas se desdobram a partir da experiência do corpo e seus atravessamentos pelos espaços, relações e tecnologias.

Lucia Koch

É artista multimídia, com obras que exploram as relações entre arte e arquitetura, produzindo alterações na luz ambiente de espaços institucionais ou domésticos.

Mario Ramiro

Professor do departamento de artes visuais da ECA-USP e é artista multimídia, ex-integrante do grupo de intervenções urbanas 3NÓS3. Sua produção reúne intervenções urbanas, redes telecomunicativas, esculturas, instalações, fotografia e arte sonora.

Mirella Brandi x Muep Etmo

_Artistas residentes AVXLab

Juntos, exploram através da imagem e do som, sua capacidade narrativa e de transformação perceptiva em instalações e performances imersivas, desde 2006. Mirella Brandi é artista multimídia e designer de luz e Muepetmo é músico, compositor e engenheiro de som.

Lucas Bambozzi

_ Mediador AVXLab

Artista e curador independente, é professor no curso de Artes Visuais na FAAP doutorando na FAUUSP, com pesquisa envolvendo campos informacionais em espaço públicos. É um dos iniciadores do ALTav e cocurador e diretor artístico do AVXLab.

: : ESPAÇO INFORMACIONAL EM DADOS

(estética de banco de dados, datavisualização, estatística, análise computacional)

O cinema gerado por sistemas complexos, a partir de massas abstratas de informação ou derivadas de processos de análise cientÍfica, política ou social. As estratégias e técnicas da estatística, do design, softwares generativos e da análise computacional gerando uma experiência estética e audiovisual.

 

Fabio Malini

Professor na Universidade Federal do Espírito Santo, onde coordena o Labic (Laboratório de estudos sobre Imagem e Cibercultura) e é pesquisador de ciências de dados, redes sociais e Comunicação Política. Especializou-se na produção de visualizações de grafos a partir de megadados (big data) sobre relações políticas estabelecidas em redes sociais.

Javier Cruz San Martín (Chile)

Desenvolvedor de visualizações de dados e diretor de projetos na Reddrummer em São Paulo, formado como designer industrial da Universidad de Chile, mestre em Educação e Comunicação de Museus da Universidade de Zaragoza, Espanha, músico e programador autodidata.

Didiana Prata

Designer gráfica, mestre pela FAU-USP. Pesquisa o design e a poética das narrativas visuais das redes a partir de estratégias de apropriação de banco de dados. É membro do grupo Estéticas da Memória no Séc. XXI (FAU-USP) e sócia da Prata Design.

Henrique Roscoe

_Artista residente AVXLab
Artista digital, músico e curador. Trabalha na área audiovisual desde 2004, explorando caminhos da arte generativa e visual music; investigando as relações entre som, imagem e narrativas abstratas simbólicas.

Caio Fazolin

_ Artista residente AVXLab
Artista audiovisual, programador e VJ (Micra).Bancos de dados, linhas de códigos e sistemas computacionais são a fonte para a pesquisa que se desdobra em performances audiovisuais generativas, instalações imersivas e interativas, e grandes projeções urbanas.

Eduardo Fernandes

_ Mediador AVXLab
Foi fundador do Coletivo Bijari e atua junto ao CoLaboratorio e ALTav. Tem extensa carreira como VJ, onde atuou em festivais mainstream (Skol Beats, Nokia Trends, Motomix, Heineken Green Session, SWU), e alternativos (On-off, Satyrianas, DF_Depois das Fronteiras, Instante, entre outros).

: : A EXPERIÊNCIA FÍSICA

(filme, objeto, interação, internet das coisas, materialidade)

As inter-relações entre obras decorrentes da experiência física com o processo artístico em convívio com a desmaterialização acentuada pelos processo digitais e em modo online. Os modelos de produção decorrentes do tráfego de informações em rede tangenciam objetos reais criando interdependências entre conceitos, entre o real e o virtual. O diálogo entre a aparente imaterialidade dos processos tecnológicos atuais e a busca da corporeidade háptica e palpável proporcionada pelo material fílmico, químico e físico.

 

Andrés Denegri (Buenos Aires)

É artista visual e trabalha predominantemente com cinema, vídeo instalações e fotografias. Professor da Universidade Nacional de três de fevereiro, codiretor da Bienal da Imagem em Movimento -BIM e curador de cinema e vídeo do Museu de Arte Moderna de Buenos Aires.

Fernanda Pessoa

Cineasta e artista visual com mestrado em Cinema e Audiovisual pela Université Sorbonne Nouvelle e trabalha principalmente com instalações fílmicas a partir do uso de foundfootage e películas cinematográficas, além de cinema documental e experimental.

Roberto Cruz

Pós-doutorando pelo Programa Interunidades em Estética e História da Arte da USP e desde 2012 é curador da Coleção Itaú Cultural de Filmes e Vídeos, consultor da Enciclopédia de Cinema do Itaú Cultural e diretor executivo da SAC – Sociedade Amigos da Cinemateca.

Letícia Ramos

_Artista residente AVXLab
Artista visual com o foco de investigação em criação de aparatos fotográficos para a captação e reconstrução de movimento. Suas obras já foram expostas em espaços artísticos como Tate Modern, Parque Lage, Museu Coleção Berardo, Instituto Tomie Ohtake e CAPC- Musée d’art contemporain (Bordeaux), etc.

Demétrio Portugal

_ Medidor pelo AVXLab
Curador e gestor cultural. Entre outros projetos, é também um dos inicializadores da rede ALTav. Busca com seu trabalho a criação de plataformas e projetos que potencializem o desenvolvimento de expressões e cenas artísticas contemporâneas. É co-curador e diretor executivo do AVXLab.